Quem tudo quer, nada tem - Universo Atakima

sábado, 5 de janeiro de 2013

Quem tudo quer, nada tem



*Esse texto foi uma fábula pedida pela professora do meu primeiro ano de ensino medio. Foi dificil escrevê-la. Espero que apreciem*

Era um dia qualquer no zoológico da cidade e havia chegado um novo animalzinho na área: um lobo branco chamado Yukiko.
A bonita e colorida Hana, um dos pássaros do Zoo olhou logo o novo companheiro e voou para avisar os outros.
O coelho de nome Aiko, reuniu-se com Hana, Kameko, um jabuti e Kuro, uma pantera negra. Decidiram ir desejar boas vindas ao novato.
A primeira a chegar e dar as boas vindas foi Hana que chegou planando no ar e se empoleirou em uma das barras de ferro da gaiola:
- Olá, meu nome é Hana e o seu? – disse assobiando.
- Meu nome Yukiko – disse o lobo em um rosnado – Você me parece deliciosa – e pulou para tentar pegar o pássaro.
Logo quando começou a confusão, chega o jabuti que foi o primeiro a querer ir dar boas vindas.
- Olá? – disse o jabuti com toda paciência do mundo – podem me dar uma atenção?
- Hu! Hu! –lobo virou para olhar o visitante – quem é você?
- Sou Kameko, filho da tartaruga.
- Você é maior que um pássaro e não sabe voar não é?
- evidente. E demoro muito para me locomover também.
- Assim, não pode fugir – e ataca o jabuti que, com a força do lobo, vira de cabeça para baixo.
- é inútil. Meu casco é muito duro para você arrancar.
Nesse momento chega o coelho entre seus pulinhos e encontra tal cena:
- O que esta acontecendo aqui? – perguntou o coelho com sua voz aveludada.
- Ah! – o lobo deixou de lado o jabuti e voltou sua atenção ao coelho peludo a sua frente – Quem é você?
- Sou Aiko. Venho trazer-te boas vindas em nome da minha família.
-Nossa e têm muitos assim? – perguntou o lobo.
- Sim! Minha família é muito grande.
- Então um não irá fazer falta – e atacou o bichinho.
Aiko pulava para todas as direções, mas não conseguia achar uma saída.
Hana, ao ver seu amigo em apuros, voa para chamar Kuro.
A pantera chegou correndo e encontrou a maior bagunça. O jabuti no chão e o coelho entre pulos, tentando fugir do lobo.
- Basta! Lobo, comporte-se! Já não esta na mata.
- Oba! – disse o lobo sem prestar atenção nas palavras da pantera e correu para atacá-la.
O Kuro, ágil, desviou do ataque do lobo e o arranhou com suas unhas.
- Já lhe disse, não somos comida! Se está com tanta fome, coma meu bife!
O lobo comeu todo bife que a pantera lhe deu e pediu desculpas aos outros animais.

banner
Anterior
Proxima

Assino meus textos como Miaka J. S. Freitas. 

Decolando no curso de Desing pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA. Nas horas vagas procura por Um Sofá fofinho para cuidar dos blogs "Universo Atakima e "Um Sofá à Lareira". Além do canal "Insônia Nerd", aonde perde o sonho com as melhores obras desse universo. 
Estou tentando encontrar o meu próprio espaço para ouvirem minhas ideias e pensamentos meio que "insano" as vezes...
E por ai pela internet afora ainda pode encontrar outros lugares por onde anda meus textos!!

0 recadinhos:


Quer comentar e não tem conta?!
1- escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).

Sejam sempre bem vindos a deixarem comentários, criticas e sugestões. Eles são muito importante para meu caminho como escritora. Com eles poderei saber o se o caminho que estou trilhando esta certo ou se precisa de mudanças. Obrigada por visitar e comentar.

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.