Sou uma Fada?! - Universo Atakima

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Sou uma Fada?!

Eu sempre me identifiquei com a magia e a cultura celta. Meus poemas, contos que escrevo sempre são envoltos para essas referências e atualmente tenho ficado cada vez mais interessada pelos Wiccanos. Sem preconceitos nesse post, já agradeço de antemão. 

Além da Wicca que tem um elo muito forte com a natureza e tudo que a Terra pode nos dá, existe outros meios de vida que não são modinhas passageiras e sim um estilo de vida com uma relação mais profunda do que uma estética rasa para a moda e outros acessórios.  E um desses estilos de vida que mais tem chamado atenção e crescido no Brasil é o SEREISMO. 

Existem matérias, livros e uma cartilha de bê-a-bá desse estilo de vida, deste de sentir que é ligado a água, produzir sua própria cauda e muitas outras coisas. Eu não sou uma sereia, não posso dá detalhes, mas tem duas meninas brasileiras que são sereias e tem um blog justamente sobre o assunto. Adoro dá uma olhada lá e pesquisar mais sobre o sereismo. O problema é que eu nunca consegui me identificar tanto com as sereias. Essa vida nunca me chamou, afinal, ser sereia não é apenas ter interesse, esse elo com a água e o mar vai está contigo e despertar e fortalecer. 


Mas existe outros elementais encarnados no mundo, como Elfos, Sereias, Silfos, Unicórnios, Duendes e Fadas... E sinceramente, eu me identifico muito com as fadas. As fadas são sempre alegres, sorridentes, gostam de festas e alegrar as pessoas ao redor. São boas (mas sim, existem as fadas más).

Você pode ser uma “fada da terra”, que ama as árvores, plantas e criaturas dos bosques; 
Você pode ser uma “fada da água”, apaixonada pela energia da água e que passa a maior parte de seu tempo próxima aos rios, lagos e corredeiras; 
Você pode ser uma “fada do fogo”, encantada com o calor e a chama, e grandemente envolvida com causas de luta, sejam grandes ou pequenas; 
Você pode ser uma “fada do ar”, que busca os campos abertos e ama o vento sobre os cabelos. Sua leve personalidade lhe levará para onde o vento carregar; 
Você pode ser uma “fada dos sonhos”, aquela mais intimamente envolvida com seu lado místico, e que carrega em suas asas os sonhos bons de seus amigos e pessoas amadas. 
Você pode ser uma “fada musical”, que constantemente encontra sua melodia e ritmo no mundo à sua volta, sempre quando os pássaros cantam, ou o vento bate entre as folhas das árvores. 
Ou você pode ser uma “fada negra”, uma personagem misteriosa que prefere os ambientes noturnos e a noite para balbuciar seus feitiços.
Fonte: Wikihow

Diferente das sereias, a cultura das fadas ainda não é muito difundida. Eu mesma pesquisando para saber se realmente me identifico com as fadas e com o elemento que me desperta (fogo), é difícil reunir informações maiores. Porém, não vou desistir e sempre tentarei pesquisar mais sobre os elementos e outras partes das culturas. 

Estou pensando em começar uma série de postagens sobre o assunto aqui no blog, se vocês acham interessante pelo menos conhecer mais. E sim, pretendo fazer minhas asas e meu pó de fada em breve. E se quiserem, posso trazer tutoriais, dicas etc de vários objetos para fadas (e também alguns de sereias, porque amo os acessórios delas - ninguém é de ferro, não é verdade?). 

Saiba mais sobre o sereismo em:  sereismo.com


banner
Anterior
Proxima

Assino meus textos como Miaka J. S. Freitas. 

Decolando no curso de Desing pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA. Nas horas vagas procura por Um Sofá fofinho para cuidar dos blogs "Universo Atakima e "Um Sofá à Lareira". Além do canal "Insônia Nerd", aonde perde o sonho com as melhores obras desse universo. 
Estou tentando encontrar o meu próprio espaço para ouvirem minhas ideias e pensamentos meio que "insano" as vezes...
E por ai pela internet afora ainda pode encontrar outros lugares por onde anda meus textos!!

0 recadinhos:


Quer comentar e não tem conta?!
1- escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).

Sejam sempre bem vindos a deixarem comentários, criticas e sugestões. Eles são muito importante para meu caminho como escritora. Com eles poderei saber o se o caminho que estou trilhando esta certo ou se precisa de mudanças. Obrigada por visitar e comentar.

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.