Como é ter um Vlog - Universo Atakima

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Como é ter um Vlog

Queridos, eu comecei a dar minha cara a tapa fazendo vídeos.
Vocês se perguntam, como assim?
Eu vos respondo: visite esse link.

Certo, sem brincadeira agora, esse negocio é para ser sério (ou pelo menos tentar).

Quero fazer algo bem genérico no meu canal (porque de original já tem muitos no youtube, ou não), até porque eu nunca decido assuntos principais nem nos meus blogs (na verdade, em nada que eu faço eu consigo seguir uma decisão por muito tempo). Esses defeitinhos vocês podem até está notando com a evolução ou não dos meus projetos pessoais.

Mas o que quero falar nesse texto é sobre a coragem para começar esse canal experimental e como estou tentando lidar com isso.

Não vou falar de “Ah, a fama é bem complicado” porque se eu consigo alcançar 50 visualizações em um vídeo, é muito.

Eu já sabia que fazer essas coisas não seria nada fácil (já que eu já tenho um projeto de longo prazo e sei como é difícil alavancar ele no meio dos outros). Criar mais conteúdo também é uma tarefa difícil, ainda mais tendo que fazer algo que destaque no meio dos semelhantes. Uma coisa é eu escrever algo bem diferente (vai por mim, eu sou melhor escrevendo do que falando. E se vocês acham uma – com o perdão da palavra- merda o que eu escrevo, imagina o quando posso defecar abrindo a boca). Editar vídeo também é uma barreira intransponível para mim. Serio, eu mal sei usar o movie maker (e olha que as raras vezes que eu usei, uma criança de 5 anos faria um trabalho melhor).

E o principal passo para fazer o video é a vergonha. Pode não parecer, mas eu  tenho a maior vergonha do mundo no quesito me apresentar na frente dos outros. Já cheguei a desmaiar na frente da turma em apresentação de trabalho. Como isso não bastasse, eu me tremo da cabeça ao dedão do pé só de pensar em ficar na frente de um publico grande.

Poderiam está respondendo: “ah, mas é vídeo. Falar em gravação é mais fácil, é só imaginar que está falando sozinha para as paredes”. Certo, ai vou começar a pensar que alem do publico que está me olhando no youtube, o pessoal vai me achar louca por escutar eu falando sozinha?!

Eu não estou querendo estragar ainda mais o fraco psicológico que eu tenho com apresentações em publico com esse texto, então vou até parar as divagações.

Acontece que sempre pensei em fazer vídeos no youtube, naquela época nem existia tantos canais de vídeos como tem hoje. Acho que estaria até fazendo sucesso se, ao invés de ter começado o Blog da Miaka, ter ido pro Youtube de vez. Mas acontece que, como falei, tinha os empecilhos (net ruim, falta de câmera, falta de coragem). E preferi fazer um blog, que daria menos trabalho (mas percebi que dá trabalho para caramba).

Então o resto da história já sabem: em 2009 nasceu esse blog, 2012 me zanguei e criei o Um Sofá que era para ser mais comportadinho, mas ta a bagunça de sempre (afinal, minha vida é uma eterna bagunça, não tem como não refletir nisso nos outros projetos).

Acontece que fui adiando, adiando esse plano só com a desculpa dos blogs. Para que um canal se eu já tenho um veiculo para ser ouvida pelas pessoas? Sim, isso era só uma desculpa quando algumas pessoas me cobravam: ah, faz vídeos pro youtube, vai!

Eu criei o Um Sofá também para treinar a escrita e perder o medo de aparecer. Pensamento otimista de: vou ficar conhecida, as pessoas aos poucos vão falar comigo por causa do meu trabalho e vou ter que ir perdendo esse medo. Foi muito otimismo da minha parte, é claro, porque com 2 anos de blog ainda sou uma Zé ninguém, quase ninguém conhece ambos os blogs e realmente ainda sou uma medrosa em relação ao palco.

Mas sabe: melhorei bastante esse medo de palco. Já não desmaio mais em apresentações. Viva eu!
E com 2 anos de Um Sofá, com projetos pessoais de fazer cosplay, achei que estava mais que na hora de dá um empurrãozinho a mais nesse hobby e criar vídeos para o blog. E porque não colocar tudo junto em um canal? Já que é melhor colocar no youtube e depois no blog, vamos fazer logo um canal e acabar com essa palhaçada.

Pensei que seria fácil, mas até a escolha desse nome e para sair o primeiro vídeo, foi um trabalho árduo de medo, excitação e mais outras coisinhas.

Mais o importante é que, mesmo gaguejando, eu gravei o primeiro vídeo e postei no canal. E pode ser conferido essa maior improvisação minha lá no canal.

Idealizei o canal com vários programinhas como o Miando, para falar de dicas e/ou assuntos determinado de livros, games, filmes etc. O Papo de Miaka para comentar alguma coisa do momento como as crônicas aqui do Universo Atakima. A coluna #Como onde eu quero colocar tutoriais simples e divertidos de artesanato, cosplay e outras besteirinhas mais (que foi uma ótima coluna que surgiu no blog Um Sofá também será filmada e já tem dois roteiros sendo preparados) . E uma web serie sobre games que ainda será uma surpresinha para todos, mas para quem gosta de acompanhar os casos engraçados da minha vida, vai se amarrar nessa websérie.

Deixo agora com vocês meu primeiro vídeo. E confira os outros videos em ordem na lista que fiz aqui no blog.


Acontece que estou idealizando muita coisa para o canal e meu talento nato (que é zero) não consegue acompanhar quase nada do que quero realizar.

Mas eu tenho a meta que até 2015 eu consiga me tornar uma pessoa melhor em edição de vídeo e em dicção (porque eu falando sou pior que uma criança de cinco anos. E acho que perdi também meu único talento que eu tinha, que era escrever).


Espero que curtem mais esse novo projeto! 

*texto escrito em 13.06.2014*

banner
Anterior
Proxima

Assino meus textos como Miaka J. S. Freitas. 

Decolando no curso de Desing pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA. Nas horas vagas procura por Um Sofá fofinho para cuidar dos blogs "Universo Atakima e "Um Sofá à Lareira". Além do canal "Insônia Nerd", aonde perde o sonho com as melhores obras desse universo. 
Estou tentando encontrar o meu próprio espaço para ouvirem minhas ideias e pensamentos meio que "insano" as vezes...
E por ai pela internet afora ainda pode encontrar outros lugares por onde anda meus textos!!

0 recadinhos:


Quer comentar e não tem conta?!
1- escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).

Sejam sempre bem vindos a deixarem comentários, criticas e sugestões. Eles são muito importante para meu caminho como escritora. Com eles poderei saber o se o caminho que estou trilhando esta certo ou se precisa de mudanças. Obrigada por visitar e comentar.

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.