2013 – Expectativas altas - Universo Atakima

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

2013 – Expectativas altas



Estava demorando. Ano novo começou, e fazemos mil promessas para serem concretizadas. Eu também sou assim, sabiam? Na verdade, acho que todo mundo traça planos em fim de ano. 2013 eu faço isso. 2013 faço aquilo. Estava demorando para eu não começar a me bagunçar de novo...

Como assim bagunça? Bem, eu sempre tenho plano que começo e deixo de lado depois. Para falar a verdade, na segunda semana do ano eu já esqueço tudo que planejei. Minha única resolução para 2013 é me organizar. Ou seja, quero terminar todos os planos que começaram deste de 2009. Mas, sabe? Eu ainda sou de lua, ai já viu né? Nunca termina nada e a fase passa.

O melhor exemplo é o blog. Sou “blogueira” deste de 2009, mas quem disse que atualizava regularmente? Então para 2013 exclui tudo e começarei do zero. E minhas historias? Poemas? Livros e contos nunca acabados? Começo o ano novamente com a promessa em mãos: esse ano termina.

Espero realmente que termine, em 2012 falei a mesma coisa e não terminei nada. Na verdade, mas baguncei meus manuscritos do que outra coisa e me confundi toda. Enfim, vou ter que apelar para tecnologia mesmo.

Mas outra coisa que me desanima é a minha falta de talento. Serio, não adianta eu ter mil idéias, se na hora de colocar no papel, nada disso fica bom? Tanta inveja de escritores que ainda estão escondidos por ai e tem mais talento do que eu. Treino, treino. Todo mundo fala que é só treino. Mas talento se nasce e se treina, não dá para treinar algo que nem existe ali. Meu único dom é stalkear talento, mas ele se assusta e sai correndo em pânico.

Estou no ônibus. Ano passado comprei um Nokia, e minha única vontade no Nokia era que ele tivesse adobe reader para ler livros. Adivinha? Mesmo no celular, não consigo ficar lendo... Pelo menos esse celular veio com bônus: ele tem Word. Eu sei que o celular convencional tem bloco de notas e eu usava, mas o Word é mais pratico para passar pro computador e continuar um texto. Além do mais, eu tenho a péssima mania de ficar inspirada em ônibus ou banho. E quando saio do local, a mente se esvai por completo.

Noto o quanto sou ruim em narrativa, quando o melhor dialogo é esse:

- E agora, quem está observando quem? – pergunta Kamiel encarando a jovem de perto.
-Eu.

Definitivamente, não nasci para escrever. Esse meu conto deve estar pior que um crepúsculo. Se Felipe Neto tivesse acesso, ele se suicidaria no final do vídeo, porque nunca ia imaginar algo ainda mais sem narrativa do que meu conto. Enfim, acho que me elogiam por terem peninha das minhas tentativas (risos).

É... Acho que nem no ônibus a inspiração vem por completo.
banner
Anterior
Proxima

Assino meus textos como Miaka J. S. Freitas. 

Decolando no curso de Desing pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA. Nas horas vagas procura por Um Sofá fofinho para cuidar dos blogs "Universo Atakima e "Um Sofá à Lareira". Além do canal "Insônia Nerd", aonde perde o sonho com as melhores obras desse universo. 
Estou tentando encontrar o meu próprio espaço para ouvirem minhas ideias e pensamentos meio que "insano" as vezes...
E por ai pela internet afora ainda pode encontrar outros lugares por onde anda meus textos!!

0 recadinhos:


Quer comentar e não tem conta?!
1- escolha a opção Nome/URL
2 - No espaço Nome coloque seu nome ou seu apelido
3 - No espaço URL coloque o link do seu site, blog, vlog, tumblr... (não é obrigatório).

Sejam sempre bem vindos a deixarem comentários, criticas e sugestões. Eles são muito importante para meu caminho como escritora. Com eles poderei saber o se o caminho que estou trilhando esta certo ou se precisa de mudanças. Obrigada por visitar e comentar.

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.